Blog

Nove entre dez novos donos de cachorros reclamam que o filhote chora muito à noite ou quando deixado sozinho. Esse é um comportamento normal do filhote, que acabou de ser separado de sua mãe e seus irmãos.

Antes de mais nada, é importante que você saiba que o filhote só deve ser separado da mãe canina e dos irmãos com 60 dias (2 meses de idade), fuja de “criadores” que querem despachar o filhote com 45 dias, pois esse não é o correto.

Mesmo você pegando o cachorro com 60 dias ou mais, ele irá sentir essa ruptura de sua vida anterior e provavelmente irá chorar quando for deixado sozinho ou na hora de dormir.

Você precisa trabalhar para que sofra o menos possível e isso não gere possíveis traumas como dependência excessiva, ansiedade de separação e outras complicações psicológicas e até físicas.

Lembrando que a Snow Dog Filhotes possuí o único canil 100% legalizado em Curitiba e que em primeiro lugar vem o  amor que temos por estes peludinhos.

Como acostumar o cachorro a dormir sozinho

Aproveite e conheça mais sobre filhotes em nosso site clicando aqui!

 

DICA: SEU CACHORRO NÃO PARAR DE MORDER?

Vamos considerar nesse artigo aqueles cachorros que estão mordendo “para brincar”, como filhotes que não aprenderam que não pode morder e cães adultos que também não foram educados.

Para o caso de mordidas decorrentes de agressividade, você precisa procurar ajuda profissional, pois é um caso sério e que envolve certo risco.

Em relação aos filhotes, de fato eles interagem com sua mãe e irmãos com a boca e a brincadeira de morder é algo comum entre eles. Os cães tem menos sensibilidade para dor que os humanos, então quando os filhotes chegam em nossas casas, essas brincadeiras não são desejadas por nós.

Para ler mais sobre clique aqui!

 

Conhece a Clínica Veterinária Snow Vet? clique aqui se saiba mais!

 

Vamos considerar nesse artigo aqueles cachorros que estão mordendo “para brincar”, como filhotes que não aprenderam que não pode morder e cães adultos que também não foram educados.

Para o caso de mordidas decorrentes de agressividade, você precisa procurar ajuda profissional, pois é um caso sério e que envolve certo risco.

Em relação aos filhotes, de fato eles interagem com sua mãe e irmãos com a boca e a brincadeira de morder é algo comum entre eles. Os cães tem menos sensibilidade para dor que os humanos, então quando os filhotes chegam em nossas casas, essas brincadeiras não são desejadas por nós.

Um erro muito comum é que os donos acham fofo e incentivam essas mordidas quando o cão é filhote, mas o cão cresce com esse hábito e quando fica um pouco maior, o dono se incomoda porque agora as mordidas machucam. Mas o cão nunca aprendeu que não podia morder, pelo contrário, foi incentivado!

Você precisa ser consistente nos ensinamentos pro seu cão, não adianta um dia você achar algo legal e depois você ficar bravo pelo mesmo comportamento que antes você achava fofo.

Junto com o xixi no lugar errado, as mordidas dos filhotes são o problema campeão de reclamações dos novos proprietários de cães. Mas fique calmo, tem solução!

Como fazer o cachorro parar de morder

Aproveite e conheça mais sobre filhotes em nosso site clicando aqui!

 

Conhece a Clínica Veterinária Snow Vet? clique aqui se saiba mais!

Fonte: Tudo Sobre Cachorros

Se você tem um cachorro, com certeza, já percebeu que uma grande parte do dia ele passa dormindo ou até mesmo cochilando, né?

Já falamos aqui no portal que um cachorro adulto dorme cerca de 10 horas por dia, já um filhote dorme aproximadamente 16 horas, ou seja, os cães passam quase metade de um dia dormindo. 😴

Mas a pergunta desse post é: meu cachorro sonha? E tem pesadelos? Se você quer saber a resposta, continue lendo!

Como funcionam os nossos sonhos?

Antes de sabermos se um cachorro sonha ou não, acho importante dar uma breve explicada em como funcionam os nossos sonhos.

Quando dormimos passamos por cinco fases do sono. A primeira é caracterizada por um sono muito leve e que podemos ser facilmente acordados.

Já a segunda fase é quando entramos em um sono mais pesado.

A terceira e a quarta, por consequência, é um sono mais profundo.

Essas quatro fases do sono são conhecidas como o sono NREM.

A quinta e a última fase é chamada de sono REM, onde dormimos de forma mais profunda e sentimos apenas as ondas cerebrais mais lentas, conhecidas como ondas deltas.

Os sonhos acontecem 75% das vezes no sono REM, ou seja, normalmente só lembramos dos sonhos que temos nessa fase.

Para alcançarmos esse estado do sono levamos cerca de 90 minutos e ele é extremamente necessário para a manutenção do nosso corpo.

Enquanto dormimos passamos por um ciclo que alterna entre o sono REM e o sono NREM, normalmente a terceira ou quarta fase, onde o sono já está mais pesado.

Como funciona o sonho dos cachorros?

Os cachorros têm basicamente as mesmas fases NREM e REM que nós, mas conseguem alcançar o sono REM de forma bem mais rápida.

Ou seja, o processo de sono de um cão é parecido com o nosso, alternando entre REM e NREM.

O que acontece é que no período REM o cachorro normalmente está mais relaxado e tem movimentos musculares involuntários, reagindo naturalmente ao sonho que está tendo.

Claro que o sonho também pode ser um pesadelo, assim como o nosso, mas isso apenas podemos saber pela reação do cão. Por exemplo, se ele está rosnando, chorando ou até mesmo latindo ao dormir, podemos presumir que é um pesadelo.

Outra reação que pode acontecer em um cão enquanto dorme é ele ficar tremendo.

Normalmente isso acontece em cães que dormem mais enrolados, ou seja, com os músculos mais tensos, fazendo ter movimentos involuntários, mas apenas tremidas. Não há razão para se preocupar!

O que devo fazer quando meu cão está dormindo e se mexendo?

O ideal é que você não acorde seu cão se seus movimentos ou barulhos não estão incomodando.

Agora, se apresentar um perigo para o próprio cão, é bom que você tente acordá-lo chamando seu nome de forma calma e delicada.

Outra dica que posso dar é se seu cão está tendo um pesadelo, latindo e rosnando durante seu sono, de forma alguma toque nele para acordá-lo. Como o cão está tendo um pesadelo, pode, sem querer, acabar mordendo você.

Além disso, deixe seu cachorrinho sonhar e ser feliz com suas horas de sono.

Se você gostou do post, não esqueça de compartilhar com seus amigos!

Cachorro sonha? Cachorro tem pesadelo?

Aproveite e conheça mais sobre filhotes em nosso site clicando aqui!

Conhece a Clínica Veterinária Snow Vet? clique aqui se saiba mais!

Dica 1: Conheça a raça do seu cachorro

É estimado que existam mais de 400 raças de cachorros no mundo e dos mais diversos tipos. Antes mesmo de adquirir um cachorro, seja ele filhote ou adulto, é sempre bom pesquisar sobre a raça e saber com que tipo de cãozinho estamos lidando. Raças divergem das mais diferentes formas como, tamanho, peso, necessidade de exercícios, cuidados com o pelo, etc. Por isso é muito importante o estudo da raça. Acesse o nosso banco de dados com mais de 180 raças de cachorros, e pesquise sobre as raças.

Dica 2: Leve seu cãozinho ao veterinário regularmente

O cachorro tem uma vida menor que a nossa, envelhece mais rápido, com isso é sempre importante levar o seu pet ao veterinário regularmente. Só um check-up poderá detectar doenças ou problemas em estágios prematuros, sem que ainda haja sintomas.

Dica 3: Vacinação em dia

A vacinação é a melhor maneira de proteger seu cachorro contra doenças. Converse com seu veterinário e saiba quais as melhores e mais importantes vacinas que seu cãozinho pode tomar, dessa forma ele ficará protegido e evitará problemas posteriores.

Dica 4: Cuidados com a higiene

Essa dica parece simples, dou um banho no meu cãozinho e ele está limpo. Não é tão simples assim. Como a gente, o cachorro também precisa de outros cuidados com a higiene. Orelhas limpas, unhas cortadas e o pelo escovado são muito benéficos para os cachorros. Saiba como limpar a orelha do seu cachorro neste artigo. Algumas raças necessitam de mais cuidados com os pelos, em caso de dúvida sobre tosa, pergunte ao seu veterinário.

Dica 5: Proteja o seu cachorro de parasitas

Pulgas, carrapatos e vermes podem alterar muito a saúde do seu cão. Pulgas e carrapatos transmitem doenças além de causar um grande desconforto para o seu cachorro. Vermes podem causar diarreia, vômitos e infecções. Há no mercado diverso tipo de produtos para combater esses parasitas. Procure sempre um veterinário para indicar o melhor para o seu cachorro.

Dica 6: Treinamento comportamental

Um cachorro comportado pode trazer diversos benefícios tanto para o próprio cãozinho quanto para sua família. Imagine uma criança que cresce sem limites ou ensinamentos. Com o cachorrinho é a mesma coisa, é de extrema importância que o cãozinho aprenda desde cedo a lidar com ordens e limites.

Dica 7: Alimentação

Uma alimentação balanceada é fundamental para o seu cãozinho ter uma vida saudável. Mantenha o seu cachorro em uma dieta que ofereça os nutrientes essenciais para a sua idade, tamanho e nível de exercício. Há diversas marcas e tipos de rações no mercado, converse com o seu veterinário para uma melhor nutrição do seu cão.

Dica 8: Cuidado dentário

Cuidar dos dentes do seu cachorro é tão importante quanto cuidar de sua saúde geral. Infecções que começam na boca podem se espalhar pelo corpo todo. O tártaro além de causar mau hálito, pode acarretar na perda de dentes. É recomendado escovar os dentes do seu cachorro duas vezes por semana.

8 dicas para cachorros saudáveis

Aproveite e conheça mais sobre filhotes em nosso site clicando aqui!

Conhece a Clínica Veterinária Snow Vet? clique aqui se saiba mais!